Venom: Tempo de Carnificina quebra recorde de bilheteria da Era da Pandemia

Venom: Tempo de Carnificina quebra recorde de bilheteria da Era da Pandemia

O desempenho de Venom: Tempo de Carnificina, sequência do filme de 2018 novamente estrelada por Tom Hardy, superou todas as expectativas da Sony e do mercado e trucidou o recorde de bilheteria na Era da Pandemia. (via THR)

Com US$90,1 milhões arrecadados no seu primeiro fim de semana de estreia, o filme que tem direção de Andy Serkis e Woody Harrelson como o monstruoso Carnificina, superou com folga o recorde anterior, que pertencia a Viúva Negra (US$ 80 milhões). Como se não fosse o bastante, Venom: Tempo de Carnificina teve uma bilheteria ainda maior que a do primeiro filme em seu lançamento. Em 2018, Venom arrecadou US$ 80,3 milhões).

O primeiro filme, Venom (2018), fez US$ 856 milhões nas bilheterias e o segundo filme tem direção de Andy Serkis, e o retorno de Tom Hardy, Michelle Williams e Woody Harrelson como Cletus Cassidy,  o vilão Carnificina. A atriz britânica Naomie Harris, que interpreta Moneypenny na franquia 007 nos filmes de Daniel Craig, e Tia Dalma na trilogia Piratas do Caribe, é a Shriek, a namorada do Carnificina.

Comentários