Veja alguns dos tweets que levaram a demissão de James Gunn da Marvel e como ele foi exposto

Veja alguns dos tweets que levaram a demissão de James Gunn da Marvel e como ele foi exposto

Grande parte do público foi tomado de surpresa ao ler a notícia de que James Gunn foi demitido de Guardiões da Galáxia Vol. 3, filme que começaria a dirigir no começo do próximo ano. A demissão se deu após a revelação de inúmeros antigos tweets de Gunn, postados entre 2008 e 2011, no qual o diretor fazia piadas extremamente ofensivas sobre pedofilia e estupro.

Os tweets foram expostos por Jack Prosobiec, um apoiador do Presidente Donald Trump – que sempre recebeu muitas criticas de Gunn – que reuniu vários deles, postados pelo diretor ao longo dos anos. Após a exposição, como sempre acontece nestes casos – vide o envolvendo o youtuber cocielo aqui no Brasil – o diretor escreveu uma thread dizendo ter evoluído enquanto ser humano, aprendido a lição e que tudo, claro, não passava de piada.

“Muitas pessoas que acompanham minha carreira desde o início, sabem que eu me via como uma pessoa provocadora, fazendo filmes e contando piadas sobre temas ultrajantes e tabus.”, escreveu ele no Twitter, antes de deletar o perfil. “Como já falei abertamente antes, eu me desenvolvi como pessoa, assim como meu trabalho e meu humor! Eu sou alguém bem diferente. De qualquer forma, essa é a verdade: eu fazia piadas ofensivas. Não faço mais. Não julgo minhas atitudes passadas, mas me tornei uma pessoa melhor.”

“Para registro, quando eu fiz estas piadas chocantes, eu não as estava vivenciando. Eu sei que esta é uma declaração estranha de se fazer, e parece óbvio, mas, ainda assim, aqui estou eu, dizendo. De qualquer forma, esta é a completa e honesta verdade: eu costumava fazer um monte de piadas ofensivas. Eu não faço mais. Eu não culpo meu passado por isso, mas eu gosto mais de mim mesmo e me sinto mais completo como ser humano e criador. Eu amo todos vocês.”

Pois bem, as ditas piadas, conforme declaração de Gunn, versam sobre pedofilia e estupro. Para ter uma ideia, serão postadas logo abaixo apenas algumas das, digamos assim, menos ofensivas e revoltantes dentre aquelas que foram expostas por Jack Prosobiec.

 

 

“Rir é o melhor remédio. É por isso que eu rio de pessoas com AIDS.”

“Acabei de fazer uma piada sobre estuprar minha amiga quando ela estava dormindo.”

“Eu quero caçar um grande animal, mas eu sei que isto é moralmente questionável. Então, eu vou chegar a um meio termo e vou caçar alguém para estuprar.”

 

“Eu gosto quando garotinhos tocam em meus lugares bobos Shhh!”

 

“Eu estou fazendo uma grande adaptação hollywoodiana de A Árvore Generosa com um final feliz – a árvore cresce de novo e faz sexo oral no garoto.”

 

Estes são apenas alguns exemplos das “piadas” tweetadas por James Gunn no passado. Outras são repugnantes demais até para serem postadas aqui.

“As atitudes e pronunciamentos ofensivos descobertos no feed de James Gunn são indefensáveis e incompatíveis com os valores de nosso estúdio, por isso nós cortamos nos relações de negócios com ele”, disse Alan Horn, presidente do Walt Disney Studios em um comunicado.

Cerca de um mês atrás, Gunn concluiu o roteiro de Guardiões da Galáxia Vol. 3, que iria dirigir no início do próximo ano. Não foi dito nada ainda se o roteiro dele será ainda utilizado ou se contratarão alguém para reescrever. Além da direção do filme dos Guardiões, ele também fora alçado ao posto de responsável pelo desenvolvimento dos projetos cósmicos do Marvel Studios.

 

 

Comentários