Teoria diz que a origem dos mutantes está ligada as Joias do Infinito, Guerra Infinita e Ultimato

Teoria diz que a origem dos mutantes está ligada as Joias do Infinito, Guerra Infinita e Ultimato

Com a compra da Fox pela Disney e o retorno dos direitos cinematográficos dos X-Men para a Marvel um bom problema surgiu para Kevin Feige, presidente do Marvel Studios e arquiteto do universo compartilhado, o MCU: como introduzir os mutantes e os X-Men no contexto deste mundo criado ao longo de 22 filmes?

Por não contar com os direitos dos X-Men, e todos os personagens que os orbitam, os filmes do Marvel Studios nunca abordaram os mutantes. Quando da necessidade de trabalhar personagens que são mutantes nos quadrinhos, como Wanda (Elizabeth Olsen) e Pietro (Aaron Taylor-Jonson), o termo usado para se referir a eles, e a outros, foi “aprimorados”. Onze anos após a construção deste universo, no qual os inumanos já foram introduzidos de uma forma muito errada na TV, a repentina descoberta de um grupo de pessoas possuidoras do gene X, que as torna diferentes dos outros humanos, não é algo que possa simplesmente passar a ser tratado de qualquer forma. De que maneira, então, isto será tratado? Porque veja bem, não se trata apenas de um grupo, mas de toda uma parcela da população mundial.

Um fã de usarname u/LemoLuke postou no Reddit (via CB) uma teoria que parece encaixar perfeitamente os mutantes no MCU, dando a eles um contexto totalmente crível com a mitologia criada pelos filmes anteriores.

Segundo essa teoria, a origem dos mutantes está diretamente ligada as Joias do Infinito. Ele começa relembrando o que citei dois parágrafos acima: a origem de Wanda e Pietro. Os poderes dos dois foram manifestados após experiências conduzidas pelo Barão von Strucker (Thomas Kretschmann), que os submeteu a contatos com a Joia da Mente presente no cetro de Loki (Tom Hiddleston). O que u/LemoLuke imagina é que os Irmãos Maximoff teriam sido as únicas cobaias bem sucedidas porque eles seriam os únicos, dentro do  grupo do teste, a possuírem o gene mutante, e que este teria sido despertado a partir do contato com a Joia.

 

 

Odin (Anthony Hopkins) escondeu a Joia do Espaço, o Tesseract, em um lugar remoto da Noruega, mas talvez ela já estivesse aqui na Terra há bastante tempo, assim como a Joia do Tempo (Olho de Agamotto). A teoria de u/LemoLuke é de que as Joias tenham chegado à Terra há milhares de anos, talvez a partir da queda de uma nave Celestial, dando origem ao primeiro mutante, Apocalypse, e que, ao longo dos séculos, indivíduos que tiveram contato com elas, tiveram seu gene mutante despertado.

Como o Caveira Vermelha (Hugo Weaving) tomou posse do Tesseract, grupos de pessoas podem ter sido submetidas desde a época da II Guerra a experiências com a Joia, e uma destas pessoas poderia ser um jovem chamado Magnus Lensherr, o Magneto, e que este teria sido o único sobrevivente por possuir o gene X. Eventos de exposição a uma das Joias com a consequente ativação do gene mutante poderiam servir como origem de personagens como Wolverine e o Professor X.

A partir daí a teoria de u/LemoLuke salta para Vingadores: Guerra Infinita e Vingadores: Ultimato. Segundo ele, a onda de choque causada pelo Estalar de Dedos de Thanos (Josh Brolin) teria sido a responsável por ativar o gente mutante dormente em uma grande parcela da população que sobreviveu a Dizimação. E que, ao longo dos cinco anos do salto do tempo de Ultimato, as pessoas que manifestaram poderes mutantes passaram a ser alvo do preconceito e perseguição, pois uma parcela da população teria passado a vê-los como uma das causas da Dizimação, senão até mesmo como aliados de Thanos.

 

 

Nesse ínterim, em uma Terra distópica, tomada pela desolação como vimos no início de Vingadores: Ultimato, o Professor Xavier teria criado o seu Instituto para acolher crianças e adolescentes mutantes e ajudá-los a entender e lidar com seus poderes, e, a partir de alguns dentre estes, criado o primeiro grupo de X-Men, que irá se apresentar para a humanidade no futuro. E aqueles que foram dizimados e que, ao final de Ultimato retornaram, encontraram não apenas um mundo onde se passaram cinco anos, mas no qual também agora existem mutantes. E isto aumentaria ainda mais o sentimento anti-mutante.

Mas de que forma o gene mutante estaria presente no DNA humano? Segundo a teoria de u/LemoLuke a partir do primeiro contato com as Joias. Mas eu, pessoalmente, acho que uma possibilidade mais interessante e que também se encaixaria perfeitamente no que a Marvel irá fazer, seria a de que o gene mutante surgiu a partir das experiências genéticas realizadas pelos Celestiais na Terra há centenas de milhares de anos e que criaram, por exemplo, os Eternos, cujo filme deve estrear no próximo ano.  Dessa forma, Eternos será a peça chave para introduzir no MCU o conceito de mutantes, que será desenvolvido pouco a pouco a partir dos próximos filmes até chegar a entrada triunfal dos X-Men.

É ou não uma ótima teoria?

 

 

Comentários