Stephen Amell critica os crossovers do Arrowverse e a cena da morte de Oliver Queen

Stephen Amell critica os crossovers do Arrowverse e a cena da morte de Oliver Queen

Tendo encerrado sua jornada como Arqueiro Verde na oitava e última temporada de Arrow, para a qual voltou apenas por causa do dinheiro oferecido, Stephen Amell aparentemente entrou no modo sincerão e soltou o verbo, criticando os crossovers do Arrowverse e a cena da morte de Oliver Queen em Crise Nas Infinitas Terras.

A morte do Arqueiro Verde ocorre na primeira parte do crossover, exibido na série da Supergirl. E durante sua participação no podcast “Inside of You“, apresentado por Michael Rosenbaum, o Lex Luthor da série Smallville, Amell mostrou-se crítico em relação ao modo como a sequência foi conduzida e a aos próprios crossover. (via TV Line)

“Eles [os crossovers] acabam sendo ótimos, os fãs os adoram… [mas] eu sempre penso o que isso acaba nos custando, porque tentamos fazer e fazemos algo extraordinário e com grande proporção dentro dos limites de nosso cronograma normal. Isso nunca fez muito sentido pra mim”, disse Amell.

Para se fazer compreender melhor, ele usa como exemplo a morte de Oliver Queen em Crise Nas Infinitas Terras.

“Eles estavam tentando concluir as filmagens com a Caity [Lotz] e Grant [Gustin]… antes de eu rodar a cena na qual eu morro. Eu não culpo ninguém por isso, mas esta é uma cena de Arrow que se passa na [série da] Supergil, com uma equipe da Supergirl, com participação de Grant e Caity… e eles estavam tentando retirá-los para que não prejudicasse as filmagens de Flash e Legends no dia seguinte. Enquanto isso, a porra do Arqueiro Verde estava deitado numa maca tentando falar para nada menos que a porra de uma bola de tênis. Então eram muitas cenas nas quais eu estava atuando e nas quais não tinha mais ninguém lá, e esta não é uma maneira aceitável de criar o melhor produto, da minha perspectiva.”

A oitava e última temporada de Arrow terá seu episódio final exibido em 28 de janeiro.

 

Comentários