Sony vai produzir série live action de Silk, personagem derivada do Homem-Aranha

Sony vai produzir série live action de Silk, personagem derivada do Homem-Aranha

A Sony vai desenvolver uma série live action derivada do universo do Homem-Aranha e que terá a personagem Silk como protagonista. A informação é da Variety.

Lauren Moon, roteirista da série Atypical, da Netflix, está em negociações para escrever a série de Silk, que terá produção de Phil Lord e Chris Miller, os novos responsáveis pelo desenvolvimento de todos os projetos da Sony que envolvem o universo do Homem-Aranha.

“Nós estamos desenvolvendo um punhado de séries live action usando personagens da Marvel, dos quais temos 900 personagens. Estamos tentando encontrar uma maneira de desenvolver essas séries de modo que cada uma dela seja uma experiência única, mas que também estejam relacionadas entre si”, disse Miller ao Deadline, em agosto de 2019, “Nós temos conversando bastante sobre potenciais colegas de equipe para tentar fazer algo que nunca tenha sido feito antes na TV. Vai demorar um pouco até que tudo seja lançado, mas eu acho que vai ser algo realmente especial.”

Silk é uma personagem bastante recente. Criada por Dan Slott e Humberto Ramos, sua primeira aparição foi em “The Amazing Spider-Man vol. 3 #1” de 2014. Sua origem está diretamente ligada a do Homem-Aranha, pois Cindy Moon foi picada pela mesma aranha radioativa que picou Peter Parker. Contudo, logo depois de desenvolver os poderes, que incluem a produção de teia orgânica, ela foi trancada em uma instalação para ficar protegida de Morlun, a entidade predadora de Homens-Aranha do multiverso. Após a morte de Morlun, Cindy foi encontrada por Peter Parker, que a libertou. A partir de então ela criou um uniforme para si e a identidade secreta de Silk.

Motivados pelo sucesso de bilhteria de Venom e o sucesso de crítica de Homem-Aranha no Aranhaverso, que ganhou o Oscar de animação este ano, a ideia da Sony parece ser criar um Aranhaverso tanto no cinema quanto na TV, seguindo os passos do que a Marvel fez com o MCU.

Comentários