Sem provas, Bolsonaro acusa Leonardo DiCaprio de “tacar fogo” na Amazônia

Sem provas, Bolsonaro acusa Leonardo DiCaprio de “tacar fogo” na Amazônia

Nesta sexta (29), o presidente Jair Bolsonaro voltou a ataca o ator Leonardo DiCaprio, e, sem apresentar provas, reafirmou a acusação de que o astro  ajuda a “tacar fogo” na Amazônia. (via Estadão)

Diante de apoiadores na entrada do Palácio da Alvorada, Bolsonaro declarou:

“Agora, Leonardo DiCaprio é um cara legal, né? Dando dinheiro para tacar fogo na Amazônia”.

Ativista ecológico, Leonardo DiCaprio promove várias campanhas e fundações para combater o aquecimento global e a preservação de animais. Em agosto, a Earth Alliance, fundação da qual DiCaprio é fundador, anunciou a doação de US$ 5 milhões para combater as queimadas na Amazônia.

“Uma ONG contratou 70 mil por uma foto de queimadas. Então o que o pessoal da ONG fez? O que é mais fácil? Tocar fogo, tira foto, filma, a ONG divulga, faz campanha contra o Brasil, entra em contato com Leonardo DiCaprio e ele doa 500 mil dólares para essa ONG. Uma parte foi para o pessoal que estava tacando fogo. Ô Leonardo, você está colaborando com a queimada na Amazônia, assim não dá”, disse Bolsonaro em uma live nas redes sociais nesta última quinta (28).

Novamente sem apresentar qualquer prova, o presidente insiste na alegação de que os incêndios na Amazônia foram causados por  ONGs ambientalistas.

Antes da live na quinta, o deputado federal Eduardo Bolsonaro, 0 02, também acusou Leonardo DiCaprio de responsabilidade nas queimadas.

 

Comentários