Roteirista esclarece dúvidas sobre teoria de que o Imperador Palpatine é o pai de Darth Vader

Roteirista esclarece dúvidas sobre teoria de que o Imperador Palpatine é o pai de Darth Vader

No final do ano passado, a Marvel lançou uma HQ de Star Wars que passou a alimentar com força a teoria de que o Imperador Palpatine seria o pai de Anakin Skywalker, o futuro Darth Vader. Contudo, um ano depois, o roteirista Charles Soul veio a público derrubar essa ideia.

Em Darth Vader #25  ocorre uma revelação chocante sobre a origem da mais importante figura de Star Wars: Anakin Skywalker. No Episódio I, A Ameaça Fantasma (1999) a mãe de Anakin, Shmi (Pernilla August) conta a Qui-Gon Jin (Liam Neeson) que seu filho não tinha pai, tendo sido gerado espontaneamente de forma milagrosa, tal qual a concepção virginal de Jesus no Cristianismo.

Levando sua influência religiosa mais adiante, George Lucas desenvolve, a partir da explicação de Qui-Gon Jin, que o jovem Skywalker fora concebido não por ordem e graça do Espírito Santo, mas dos Midi-Chlorians. Já em Darth Vader #25 é mostrado que os Midi-Chlorians foram manipulados para criar vida dentro do ventre de Shmi.

Em seu castelo em Musfafar, Darth Vader acessa a poderosa conexão do planeta com o Lado Sombrio da Força e, através de uma brecha no tecido da existência, consegue vislumbrar o passado, presenciando o momento em que o futuro Imperador Palpatine manipula os Midi-Chlorians para engravidar Shmi.

 

 

Esta revelação vai ao encontro do uma cena do Episódio III – A Vingança dos Sith (2005), quando o insidioso Chanceler Palpatine (Ian McDiarmid) conta a um inseguro Anakin (Hayden Christiansen) a história de Darth Sidious e Darth Plagueis, que tornara-se tão poderoso no uso do Lado Sombrio da Força a ponto de poder criar vida.

A teoria que surgiu a partir da HQ é que o ensinamento foi aprendido por Sidious (Palpatine), que assassinou seu mestre, e manipulou os Midi-Chlorians  para gerar Anakin Skywalker, aquele que deveria ser a arma suprema dos Sith contra os jedi.

Mas não foi isso que aconteceu e a explicação foi dada por Matt Martin, que trabalha no Star Wars Story Group.

“Isso é tudo na cabeça de Anakin… eu posso dizer a você, definitivamente, como alguém que trabalhou na HQ, que esta não é a implicação desejada”, declarou Martin.

 

Quando alguém insistiu na probabilidade de veracidade da teoria, Martin continuou:

“É parte do meu trabalho garantir que as histórias estejam alinhadas com a visão geral de Star Wars. Se a intenção foi fazer uma conexão direta entre Palps e o nascimento de Anakin, eu teria que remover.”

E para encerrar a discussão, o roteirista da HQ em pessoa, Charles Soule, desfez qualquer dúvida.

“Eu sou, na verdade, o escritor. Matt e eu trabalhamos proximamente nessa série nesse ponto em particular. Eu odeio explicar coisas do meu  trabalho em muitos detalhes, mas você precisa entender o contexto do que acontecia na cena. O Lado Sombrio não é um narrador confiável.”

Pronto, fim da discussão. O Imperador Palpatine não foi o responsável pela concepção de Anakin Skywalker.

 

Comentários