Primeiro filme de Scooby-Doo não seria para crianças, revela James Gunn.

Primeiro filme de Scooby-Doo não seria para crianças, revela James Gunn.

O primeiro filme de Scooby-Doo estreava há 15 anos, trazendo Freddie Prinze Junior, Sarah Michelle Gellar, Linda Cardeline e Matthew Lilard como Fred, Dafne, Velma e Salsicha, respectivamente. O roteirista do filme foi um então desconhecido chamado James Gunn. Hoje este jovem roteirista é o garoto dourado da Marvel Studios, responsável pelos filmes dos Guardiões da Galáxia e por todo o desenvolvimento do universo cósmico da Casa das Ideias no cinema.

E foi James Gunn que revelou, por meio do Facebook, que, apesar de ser um personagem infantil, o primeiro filme de Scooby-Doo inicialmente teria uma classificação mais restritiva.

“Eu amo Scooby-Doo desde criança e fiquei entusiasmado como uma criança com a possibilidade de fazer um filme live-action com tecnologia CGI”, disse o diretor. “Mas não aconteceu exatamente o que nos planejamos. Eu escrevi um roteiro direcionado para adolescente e adultos, e o estúdio acabou preferindo fazer uma filme de crianças. E, sim, os boatos são verdades, o primeiro corte foi classificado como restrito para menores acompanhados dos pais e adultos. Mas, você sabe, isso é a vida. Eu me diverti muito fazendo esse filme, sem ressentimentos. E eu também pude comer, comprar um carro e uma casa por causa dele.”

Sendo Scooby-Doo iminentemente um personagem infantil não é de espantar, pelo contrário, é mais do que natural que a Warner tenha optado por torná-lo um filme com classificação livre, o que significa mais público e mais dinheiro.

Fonte: ComicBook

Comentários