Morte do Homem de Ferro em Vingadores: Ultimato poderia ter sido horrível e chocante

Morte do Homem de Ferro em Vingadores: Ultimato poderia ter sido horrível e chocante

O sacrifício do Homem de Ferro (Robert Downey Jr.) é um momento emocionante e impactante de Vingadores: Ultimato, que levou muitos espectadores às lágrimas, mas essa cena comovente poderia ter sido horrível e visualmente chocante. Segundo técnicos que trabalharam nos efeitos visuais do filme houve a possibilidade de que Tony Stark tivesse parte de seu rosto completamente destruído.

“Nós demos aos cineastas uma gama completa de visuais [da aparência de Tony] para que escolhessem e, em uma delas, a energia das Joias [do Infinito] tinha agido direto contra o seu rosto e um de seus olhos tinham saltado para fora e ficava pendurado na bochecha”, disse Matt Aitken, supervisor de efeitos da Weta em entrevista a Insider. “Eles não escolheram esse.”

Por que será que não escolheram? Outra versão envolvia um visual similar ao de um famoso vilão do Batman.

“Nós fizemos uma versão Duas-Caras na qual você via os músculos do rosto e via os dentes”, disse Jen Underdahl, produtora de efeitos visuais da Marvel. “[Mas] isso tiraria você desse momento poderoso. Você não quer estar focado nessa [visão] nojenta.”

No final escolheram apenas deixar uma parte do rosto dele queimada.

 

Vingadores: Ultimato não apenas é a maior bilheteria de todos os tempos, como também é o primeiro filme a fazer mais de US$ 2,8 bilhões.

 

Comentários