Menino que teve cabeça empalada por espeto diz que Pantera Negra salvou sua vida

Menino que teve cabeça empalada por espeto diz que Pantera Negra salvou sua vida

A história de Xavier Cunningham, um garoto de 11 anos do Missouri, nos EUA, é chocante, mas seu desfecho é feliz graças a um filme de super-heróis. Em setembro do ano passado, Xavier estava brincando em uma casa na árvore quando foi atacado por vespas. Ao tentar fugir do ataque, ele acabou caindo da escada em cima de um espeto de churrasco que entrou abaixo de seu olho esquerdo, saindo na nuca.

 

 

Além da sorte da barra de metal não ter atingido nenhuma parte vital ou nervos, o que contribuiu para o final feliz da história foi Xavier, contrariando o que muitos poderiam fazer, não ter tirado o espeto da face, pois além da hemorragia a movimentação do objeto poderia ter causado danos mais graves. Segundo o próprio Xavier, o que o levou a não tentar tirar a barra de metal foi a lembrança que teve do filme Pantera Negra. “Eu assisti Pantera Negra. No final, ele [Killmonger] tira a lança e morre, então eu não tirei”, explicou o garoto a revista People.

“Eu nunca vi nada passar de forma tão profunda que tenha resultado na sobrevivência do paciente, ainda mais alguém que tenha se recuperado por completo”, disse ao jornal Kansas City Star o médico Koji Ebersole, diretor do hospital da Universidade do Kansas, onde Xavier foi tratado e submetido a uma longa cirurgia para retirada da haste de metal.

 

 

Lançado em fevereiro de 2018, Pantera Negra se converteu em um fenômeno cultural, tendo arrecado mais de US# 1,3 bilhão nas bilheterias mundiais. A produção da Marvel também é o primeiro longa de super-heróis indicado a Melhor Filme no Oscar e na cerimônia no último domingo recebeu três estatuetas (Figurino, Design de Produção e Trilha Sonora), tornando-se o filme de super-heróis com o maior número de prêmios no Oscar.

 

Comentários