Martin Scorsese teria considerado dirigir Coringa

Martin Scorsese teria considerado dirigir Coringa

De acordo com uma matéria sobre a influência de Martin Scorsese em Coringa, o THR publicou que o aclamado diretor teria considerado a possibilidade de dirigir o filme que acabou sendo comandando por Todd Phillips.

Em agosto de 2017, o Deadline noticiou, naquele momento com exclusividade, que a Warner estava nos estágios inicias de produção de um filme sobre a origem do vilão do Batman, e que Martin Scorsese estaria envolvido na produção. Desde então Phillips (Se Beber, Não Case) estava escalado como diretor.

Também já estava definido que o filme seria situado nos anos 80 e que teria influências de Taxi Driver. Nas semanas seguintes, foi noticiado que Leonardo DiCaprio, que é o ator, além de De Niro, que regularmente mais trabalha com Scorsese, também estaria nos planos para interpretar o personagem título. Contudo, segundo a matéria publicada hoje, o possível envolvimento de DiCaprio nunca passou de um rumor, pois Todd Phillps sempre esteve interessado em Joaquin Phoenix.

Quanto ao papel de Scorsese, de acordo com a matéria, apesar de inicialmente estar creditado como produtor, o veterano diretor chegou a considerar assumir a direção. Mas depois abandonou até mesmo a participação como produtor para se dedicar integralmente a seu projeto com a Netflix, O Irlandês, filme que conta com Roberto De Niro, Al Pacino e Joe Pesci, e que será lançado em novembro na plataforma de streaming.

Fontes próximas a Scorsese negam que ele tenha pensado em dirigir Coringa, contudo, segundo as palavras de Tatiana Siegel, que assina a matéria do THR, Scorsese apenas se envolve com a produção de filmes que ele originalmente desejava dirigir ou que sejam tocados por pequenos realizadores, e Coringa, supostamente, não se encaixaria em nenhum dos dois quesitos. Apesar da saída de Scorsese pessoalmente da produção, Emma Tillinger Koskoff, sua parceria na produção desde Os Infiltrados (2006) assumiu o posto nos bastidores do longa da DC.

Na semana passada, Scorsese envolveu-se em uma polêmica por ter declarado, em entrevista a Empire, que os filmes de super-heróis, especialmente os da Marvel, não são cinema.

“Eu não os vejo. Eu tentei, sabe? Mas isso não é cinema. Sinceramente, a coisa mais próxima deles, da maneira como eles são feitos, com os atores dando o seu melhor dadas as circunstâncias, são parques temáticos. Isso não é o cinema de seres humanos tentando transmitir suas experiências emocionais e psicológicas para outros seres humanos.”

“Coringa foca no icônico arqui-inimigo e é uma história original e solo nunca antes mostrada na tela. A exploração de Arthur Fleck (Joaquin Phoenix) um homem ignorado pela sociedade que não é apenas um arrojado estudo de personagem como também um mais amplo conto de alerta”.

Além de Joaquin Phoenix, também estão no elenco Zazie Beetz, Robert De Niro, Marc Maron,  Brett Cullen como Thomas Wayne, Dante Pereira-Olson (Bruce Wayne), Douglas Hodge (Alfred Pennyworth), e Frances Conroy, como a mãe do futuro Coringa.

Comentários