Cinemas reabrem na China após diminuição do coronavírus no país

Cinemas reabrem na China após diminuição do coronavírus no país

Aos poucos a vida vai voltando ao normal na China em meio a pandemia do coronavírus. Neste final de semana, mais de 500 salas de cinema foram  reabertas no país depois que o número de casos comunitários, isto é, contraídos dentro do país, retrocedeu significativamente, chegando a não haver registros de novos contaminados por 4 dias seguidos. A informação é da Variety.

Os cinemas da China foram fechados ainda em janeiro, mas agora 507 das salas de exibição, que representam 5% do número total no país, reabriram. Sem lançamentos, os cinemas estão exibindo filmes antigos, como o filme de ação Wolf Warrior 2 (2017), a ficção científica The Wandering Earth (2019), o drama Wolf Totem (2015) e até Harry Potter e a Pedra Filosofal (2001). A Disney também está planejando relançar todos os filmes dos Vingadores no país.

Os cinemas foram reabertos em cinco províncias:  Xinjiang, Shangdong, Sichuan e Fujian e Guangdong. No país, o foco da epidemia de coronavírus foi na província de Wuhan. Nos últimos dias, tem aumentado os casos de coronavírus importados, isto é, pessoas que entram no país portando o vírus. Os voos internacionais estão sendo desviados e os casos identificados estão sendo isolados.

Primeiro país a sofrer com o coronavírus, a China registrou, até agora, um total de 81.054 casos e 3.261 mortes.

No restante do mundo, contudo, as consequências da pandemia continuarão sendo sentidas por muito tempo e em vários países, como Estados Unidos, Brasil e outras nações europeias, acredita-se que o pico de casos de coronavírus ocorrerá nas próximas semanas. Assim fica impossível prever quando as atividades nos cinemas voltarão a normalidade.

 

 

 

Comentários