Lewis Hamilton dedica pole a Chadwick Boseman e presta homenagem ao ator

Lewis Hamilton dedica pole a Chadwick Boseman e presta homenagem ao ator

O piloto inglês Lewis Hamilton estabeleceu no treino deste sábado (29), no circuito de Spa-Francorchamps, na Bélgica, a sua 91ª pole position na Formula 1, e pelo rádio dedicou o novo recorde na pista a Chadwick Boseman, o intérprete do Pantera Negra, que morreu nesta última sexta, aos 43 anos, vítima de câncer no cólon.

Hamilton também fez o icônico gesto imortalizado pelo ator no filme do Pantera Negra (2018), que representa Wakanda Forever.

 

Horas antes, pelo Twitter, o recordista de poles e seis vezes campeão mundial de Formula 1, lamentou a morte de Boseman.

Acordei hoje com a triste notícia, nosso super-herói faleceu. Estou tão grato por ter conhecido você, irmão. Obrigado por tudo o que você fez por nós. Descanse no poder, você foi o melhor de nós e nunca será esquecido. Amor, luz e orações que mando para você e sua família.”

A morte de Chadwick Boseman foi anunciada pela sua família, através de um comunicado.

É com incomensurável pesar que nós confirmamos a morte de Chadwick Boseman”, diz o início do comunicado. “Chadwick foi diagnosticado com câncer de cólon no estágio 3 em 2016 e lutou contra ele nos últimos quatro anos enquanto ele se desenvolveu para um estágio 4.

Um verdadeiro lutador, Chadwick perseverou, apesar de tudo, e nós trouxe muitos filmes que vocês amam. De Marshalll: Igualdade e Justiça a Destacamento Blood, Ma Rainey’s Black Bottom de August Wilson a muitos mais – todos foram filmados durante e entre incontáveis cirurgias e quimioterapia. Foi uma honra para sua carreira dar vida ao Rei T’Challa em Pantera Negra.

Ele morreu em sua casa ao lado de sua mulher e amigos. A família agradece pelo amor e orações e pede para que possam continuar respeitando sua privacidade durante esse período difícil.”

 

Comentários