Kick-Ass e Kingsman não estão no pacote da Millaworld adquirido pela Netflix

Kick-Ass e Kingsman não estão no pacote da Millaworld adquirido pela Netflix

Na manhã desta segunda (07) uma noticia surpreendeu a todos: a aquisição pela Netflix da Millaworld, editora de quadrinhos pertence a Mark Millar, responsável pela publicação de várias HQs de sucesso dentre elas Wanted, Nemesis, Authoroty, Jupiter Legacy, Superior. Porém as duas principais franquias da editora, Kick-Ass e Kingsman não estão incluidas no pacote.

Em um comunicado, Mark Millar falou sobre a negociação com a Netflix e deu alguns detalhes do negócio.

“A Warner Bros. comprou a DC Comics em 1968. A Disney comprou a Marvel em 2009. Hoje, a Netflix comprou a Millarworld e eu ainda parece irreal. Esta é apenas a terceira vez na história que uma empresa de quadrinhos é vendida nessa escala.

Eu comecei a Millarworld  como um criador-propietário de uma editora de quadrinhos quase 15 anos atrás, depois de falar com alguns amigos artistas sobre serem seus próprios chefes. Todos tivemos sucesso na DC e Marvel, mas esta foi a chance de controlar os personagens criados e colher as recompensas de futuros filmes, séries de TV ou merchandising provenientes desses personagens e HQs. Ao longo dos anos, a Millarworld acumulou 20 franquias diferentes, trabalhando com os maiores e melhores artistas do mundo e agora a Millarworld tem se tornado a mais  quente e empolgante editora de quadrinhos do planeta. Dizer que esta foi a melhor coisa que aconteceu em nossas vidas profissionais seria pouco.

No momento em que eu e Lucy e eu entramos no QG da Netflix na Califórnia, último natal, nós sabíamos que ali era onde queríamos estar. Instantaneamente me senti em casa e senti que a equipe ao redor da mesa era formado por pessoas que nos ajudariam a transformar os personagens da Millarworld em sucessos globais. Netflix é o futuro e nós não poderíamos estar mais emocionados em vender o negócio para eles e preparar para todos os incríveis filmes e séries que planejamos fazer juntos. Eu me sinto como se entrasse na Liga da Justiça e mal posso esperar para começar a trabalhar com eles.

Eu gostaria de aproveitar este momento para agradecer a todos os artistas que compartilharam de meu entusiasmo ao longo dos anos, trabalhando nessas propriedades da Millarworld. Artistas que frequentemente são deixados de lado, mas acredite quando eu digo que a única razão para todas essas obras serem tão bonitas é porque  a Millarworld trabalhou com os melhores desenhistas de sua geração. Eu gostaria de agradecer a Frank Quitely, Stuart Immonen, Goran Parlov, Leinil Francis Yu, Rafael Albuquerque, Steve McNiven, Greg Capullo, Sean Murphy, JG Jones, Duncan Fegredo, Tony Harris, Dave Gibbons e John Romita Jr por acreditarem em meu plano maluco e por sua amizade até nos mais curtos e apertados prazos. Kingsman e Kick-Ass já possuem acordos próprios em Hollywood e não fazem parte desta aquisição em particular. (…)

Você pode ler o restante do texto original em inglês aqui.

As adaptações de Kick-Ass e Kingsman foram produzidas pela produtora Marv, de propriedade do diretor Matthew Vaughn, e distribuidos respectivamente pela Columbia e Fox. Outra obra de Millar, Wanted, já foi adaptada para o cinema, com James McAvoy e Angelina Jolie, mas está faz parte da aquisição, portanto é possível vermos uma nova versão dela sendo produzida pela Netflix.

É bom lembrar que o  grande público só tomou conhecimento da obra incrível de Mark Millar, fora da órbita da Marvel e DC, por causa das adaptações cinematográficas. Com esses  títulos agora pertencendo a Netflix está claro que nova, brilhantes e malucas histórias produzidas por Mark Millar se tornarão mais e mais populares quando adaptadas na forma de filmes ou séries.

Comentários