Jennifer Aniston critica o excesso de filmes da Marvel e com efeitos especiais

Jennifer Aniston critica o excesso de filmes da Marvel e com efeitos especiais

Fora da TV desde o final de Friends em 2004, exceto por pequenas participações especiais, Jennifer Aniston retorna como protagonista de uma série em The Morning Show, produção do serviço de streaming da Apple, e, em entrevista a Variety, quando perguntada sobre o que motivou seu retorno à TV, a atriz deu a entender que está encontrando pouco espaço no cinema e responsabiliza o excesso de filmes de super-heróis, e da Marvel em especial.

“Não foi até os últimos dois anos quando esses serviços de streaming meio que explodiram nessa qualidade que eu comecei a pensar a respeito [de voltar a TV]”, disse Aniston. “Agora está melhor do que quando eu trabalhei antes. E então você o que está disponível hoje [no cinema] e está diminuindo e diminuindo. São só os grandes filmes da Marvel. Ou coisas que eu não sou convidada a fazer ou que não tenho interesse em passar o tempo na frente de uma tela verde.”

Quando perguntada se o cinema mudou drasticamente, Aniston declarou que gostaria de ver um retorno a filmes mais simples, comédias românticas e dramas familiares.

“Ele mudou tanto. Eu acho que nós amaríamos muito ter o retorno de uma era de Meg Ryan. Eu apenas acho que seria legal entrar em um cinema, sentar confortavelmente. Eu acho que deveríamos ter esse ressurgimento. Vamos voltar para ‘Laços de Ternura’, entende? ‘O Céu Pode Esperar’, ‘O Jovem Frankestein’, ‘Banzé no Oeste’, ‘A Garota do Adeus’.”

Além de Jennifer Aniston, The Morning Show também conta com Steve Carell, Reese Whiterspoon, Gugu Mbatha-Raw, Billy Crudup e Mark Duplass. A série vai estrear na Apple TV+ em 01 de novembro.

Comentários