Homem de Ferro e Homem-Aranha quase ficaram de fora de Capitão América: Guerra Civil

Homem de Ferro e Homem-Aranha quase ficaram de fora de Capitão América: Guerra Civil

Já imaginou como poderia ser Capitão América: Guerra Civil sem a presença do Homem de Ferro? Difícil de imaginar isso, uma vez que Tony Stark seria o único capaz de rivalizar com Steve Rogers. Mas poderia ter acontecido, e o filme poderia ter ficado sem o Homem-Aranha também. A revelação foi feita por Kevin Feige, presidente do Marvel Studios. (via CB)

Durante um evento na New York Film Academy, Feige falou sobre como se deu o desenvolvimento de Guerra Civil e a inclusão dos personagens.

“O que acontece é que enquanto estávamos escrevendo e fazendo Guerra Civil, [os diretores] Joe e Anthony Russo, e [os roteiristas] Chris Markus e Stephen McFeely, e [o produtor] Nate Moore, disseram ‘Acho que vamos ter o Homem-Aranha’ e eu disse ‘Esqueça. Não vai acontecer’. Nós ainda não tínhamos um acordo com [Robert] Downey e eu dizia ‘Eu não sei. Pode não ser Downey. Então vai ser o Capitão contra quem?’

Foi o produtor Nate Moore que deu uma ideia para um possível substituto do Homem de Ferro, e que serviria como terceiro eixo caso Downey Jr. participasse do filme.

“Foi durante uma dessas conversas que Nate disse ‘Que tal o Pantera Negra? Que tal trazer T’Challa e colocá-lo nessa guerra civil como uma terceira parte que não faz aliança com nenhum dos dois lados e que tem suas próprias questões? E se não tivermos o Homem-Aranha – e que Deus não permita, se não tivermos Robert – será um elemento novo para fazer o filme valer à pena.’ Acabou que conseguimos todos e foi incrível”.

Capitão América: Guerra Civil acabou lançado as bases para Vingadores: Guerra Infinita e Vingadores: Ultimato, além de servir de introdução para o Homem-Aranha e o Pantera Negra.

Comentários