Guerra Infinita – Tom Holland não pode ler o roteiro por não conseguir guardar segredos.

Guerra Infinita – Tom Holland não pode ler o roteiro por não conseguir guardar segredos.

Então você está em um dos filmes mais ansiosamente aguardados dos últimos tempos, mas não pode ler o roteiro, limitando-se apenas as cenas das quais participa. Isso foi o que aconteceu com Tom Holland e Vingadores: Guerra Infinita. Os detalhes do filme que será a primeira parte do evento culminante desses 10 anos de MCU (Marvel Cinematic Universe) são guardados em absoluto segredo, a ponto do título de Vingadores ainda não ser revelado por conter um spoiler. Agora imagine se o roteiro caísse em “mãos erradas”, como as de Tom Holland? Basicamente foi isto que o ator que interpreta o Homem-Aranha contou ao jornal canadense Toronto Sun (Via ScreenRant) quando perguntado sobre Guerra Infinita.

“Eu não sei nada a respeito ou sobre o que é. Eu sei quem o vilão é, mas é só isso. Eles não me deixaram ler nada porque eu sou muito ruim em guardar segredos.”

Na última quarta (30), Holland revelou que o menino que aparece em Homem de Ferro 2 é Peter Parker ainda criança. Saiba mais aqui. Guardar segredos não parece mesmo ser o seu forte.

Vingadores: Guerra Infinita, com direção dos Irmãos Russo (Capitão América: Guerra Civil), tem no elenco Robert Downey Jr. (Homem de Ferro), Chris Evans (Capitão América), Scarlett Johansson (Viúva Negra), Chris Hemsworth (Thor), Mark Ruffalo (Hulk), Jeremy Renner (Gavião Arqueiro), Elizabeth Olsen (Wanda Maximoff), Paul Bethany (Visão), Chadwick Boseman (Pantera Negra), Chris Pratt (Peter Quill), Zoe Saldana (Gamora), Bradley Cooper (Rocket Raccoon), Dave Bautista (Drax), Karen Gillan (Nebula), Pom Klementieff (Mantis), Vin Diesel (Groot), Benedict Cumberbatch (Dr. Estranho), Tom Holland (Homem-Aranha), Josh Brolin (Thanos), Peter Dinklage (Pip), Sebastin Stan (Soldado Invernal), Danai Gurira (Okoye). Benedict Wong (Wong)

Vingadores: Guerra Infinita estreia 25 de abril de 2018 e Vingadores 4 para 09 de maio de 2019.

 

Comentários