Game of Thrones – Emilia Clarke finalmente admite certa decepção com o final

Game of Thrones – Emilia Clarke finalmente admite certa decepção com o final

Quase um ano após o anticlimático e divisivo final da série Game of  Thrones, que provocou a revolta da maioria dos fãs, Emilia Clarke, a intérprete de Daenerys Targaryen, que inicialmente defendeu a decisão dos showrunners D.B. Weiss e David Benioff, agora demonstra estar mais alinhada com o sentimento do público, finalmente admitindo uma certa decepção com o final da série.

Assim como a audiência, o principal motivo de insatisfação de Clarke também é a mudança repentina na sua personagem, transformada em uma genocida psicopata nos dois últimos episódios.

“Sim, eu senti por ela. Eu realmente senti por ela. E sim, não foi irritante que Jon Snow não tenha lidado com nada? Ele se livrou de um assassinato… literalmente”, disse Clarke em entrevista ao The Sunday Times (via Collider).

“Eu sabia como eu me sentiria [em relação ao final] quando li [o roteiro] pela primeira vez, e eu tentei, a todo instante, não considerar demais o que outras pessoas poderiam dizer. Mas eu sempre considerei o que os fãs podem pensar… porque nós fizemos isso para eles, e foram eles que fizeram de nós um sucesso, então é uma questão de educação, não é?”

A atriz também acredita, assim como os fãs, que muitos dos problemas poderiam ter sido resolvidos se a série não tivesse sido concluída tão às pressas.

“Nós poderíamos ter um prolongado um pouco mais.”

Apesar de toda a controvérsia, a temporada final de Game of Thrones acabou recendo dois prêmios no Emmy 2019, o de Melhor Série Dramática e Melhor  Ator Coadjuvante em série dramática (Peter Dinklage). A série também recebeu dez estatuetas no Creative Arts Emmy. Com isso, Game of Thrones encerrou sua trajetória tendo recebido 59 Emmys no total ao longo de suas oito temporadas, aumentando consideravelmente o seu recorde.

 

Comentários