Game of Thrones – cena entre Jon Snow e Fantasma foi cortada do segundo episódio

Game of Thrones – cena entre Jon Snow e Fantasma foi cortada do segundo episódio

No segundo episódio da sétima temporada de Game of Thrones vimos o reencontro entre Arya (Maisie Williams) e sua loba, Nymeria, que não atendeu ao pedido da jovem Stark para que seguisse com ela até Winterfell. No mesmo episódio, porém, deveríamos ter visto outro lobo gigante, Fantasma, que não dá as caras, ou melhor, o focinho na série desde o terceiro episódio da sexta temporada.

A revelação foi feita pelo roteirista Bryan Cogman pelo Twitter.

 

 

“Para seu esclarecimento… nós filmamos uma cena de Jon/Fantasma. Não a colocaram no episódio. Eu tentei. Obrigado por assistirem, pessoal.”

Por mais orçamento que Game of Thrones tenha da HBO, por ser o principal carro chefe da emissora, a produção da série constantemente sofre com problemas de utilização de recursos para criar os efeitos especiais dos lobos gigantes, dragões, gigantes, white walkers e o exército de zumbis. A cena foi filmada com a participação de Kit Harington mas na pós-produção, quando Fantasma seria inserido digitalmente, os produtores podem ter entendido que a cena não era tão importante assim e concentrar o recurso em outra sequência. Mas que é uma pena, é.

Game of Thrones, com produção de David Weiss e D. B. Benioff, tem no elenco Emilia Clarke (Daenarys Targaryen), Kit Harington (Jon Snow), Lena Headey (Cersei Lannister), Peter Dinklage (Tyrion Lannister), Maisie Williams (Arya Stark), Sophie Turner (Sansa Stark), Isaac Hampsted-Wrigth (Bran Stark) Nicolaj Coster Waldau (Jaime Lannister), John Bradley-West (Samwell Tarly) Liam Cunningham (Davos Seaworth), Gwendoline Christie (Brienne de Tarth), Aidan Gillen (Peter Baelish), Ian Glenn (Sor Jorah Mormont), Nathalie Emmanuel (Misandei), Rory McCann (Sandor Cleganne), Alfie Allen (Theon Greyjoy), Jerome Flynn (Bronn), Conleth Hill (Lord Varys), Kristofer Hivju (Thormund). A sétima temporada de Game of Thrones estreia na HBO em 16 de julho.

Comentários