Fogo e Sangue – saiba o que o prelúdio de Game of Thrones sobre os Targaryen deve mostrar

Fogo e Sangue – saiba o que o prelúdio de Game of Thrones sobre os Targaryen deve mostrar

Nesta última quinta foi noticiado que a HBO deu sinal verde para a produção do piloto de uma nova série derivada de seu grande sucesso, Game of Thrones. Esta será um prelúdio que irá mostrar a conquista de Westeros pelos Targaryens, os ancestrais da Khaleesi, Daenerys.

O piloto terá roteiro de Ryan Condal (Colony) e do próprio George R. Martin, autor de Uma Canção de Gelo e Fogo, a obra que deu origem a Game of Thrones, e será baseada no mais recente livro lançado pelo autor, Fogo e Sangue.

Ao contrário da primeira série derivada, cujos personagens e tramas ainda são desconhecidas, os protagonistas e eventos que serão apresentados neste novo prelúdio já são de conhecimento dos aficionados pelo universo de fantasia criado por  Martin. Se você gosta de Game of Thrones, mas ainda não tem muito conhecimento sobre a história de Westeros, este texto vai apontar acontecimentos importantes que devem ser retratados em, vamos chamar assim, Fogo e Sangue.

Primeiramente a série deve apresentar a Valiria. Apesar de ser frequentemente citada em GoT, a antiga cidade franca que deu origem à Casa Targaryen nunca foi representada na tela pelo simples fato de que não mais existe na época em que os acontecimentos de Game of Thrones se deram.

No mundo criado por Martin, Valiria seria um império mais ou menos correspondente à Roma, com a diferença de possuir dragões. Muitos séculos antes, os valirianos descobriram como treinar as gigantescas criaturas cuspidoras de fogo e com eles conquistaram e dominaram o grande continente chamado de Essos, que fica à leste de Westeros.

 

 

Os Targaryen eram uma casa menor dentre as grandes famílias dos Senhores dos Dragões que governavam Valiria e deixaram a cidade livre doze anos antes da Ruína, estabelecendo-se em Pedra do Dragão, um posto avançado valiriano próximo à costa de Westeros. Após seu antigo lar, o orgulhoso império, ser destruído em uma tragédia cataclísmica provocada pelo colapso das 14 Chamas, a cadeia de vulcões próxima a cidade, os Targaryen viveram por um século em Pedra do Dragão, até que Aegon decidiu empreender a conquista dos Sete Reinos de Westeros.

Juntamente com suas irmãs, Visenya e Rhaenys, que também eram suas esposas, Aegon invadiu Westeros e, graças ao poder de seus três dragões, Vhagar, Meraxes e a monstruosidade conhecida como Balerion, o Terror Negtro, os Targaryen submeteram Westeros ao seu domínio depois de apenas três anos de guerra. À exceção de Dorne.

 

Crânio de Balerion, o Terror Negro.

A série, portanto, deverá mostrar os passos mais importantes da conquista, como a destruição de Harrenhal, o gigantesco castelo construído pelo rei Harren das Ilhas de Ferro e das Terras Fluviais, cujas torres titânicas derreteram pelo fogo de Balerion; a conquista das Terras da Tempestade; a grande batalha campal contra os reis da Campina e das Terras Ocidentais, os Lannister de Rochedo Casterly, e a conquista do orgulhoso Norte, que se submeteu sem batalhas depois que o último rei Stark se deu conta de que não havia como enfrentar os dragões e entrou para a história como Torrhen Stark, o Rei Que Ajoelhou.

 

 

A série também deve mostrar Balerion forjando o Trono de Ferro a partir das espadas dos derrotados, a fundação de Porto Real, capital dos Sete Reinos, que levou este nome por ser o local no qual os Targaryen desembarcaram em Westeros, além de também mostrar as tentativas de conquista de Dorne, até o reino do Sul aceitar integrar-se ao domínio Targaryen a partir de um casamento entre a casa dos conquistadores e a Casa Martell.

A Dança dos Dragões, a guerra civil entre os membros da Casa Targaryen, marcada por batalhas aéreas entre dragões, e que ocorreu um século após a Conquista, deve ser abordada em alguma temporada, assim como a Rebelião de Robert Baratheon e o fim da Dinastia Targaryen.

Como você pode ver pelo resumo, a nova série tem muitas histórias para contar.

 

 

Comentários