Entre Facas e Segredos ganhará duas sequências produzidas pela Netflix

Entre Facas e Segredos ganhará duas sequências produzidas pela Netflix

Entre Facas e Segredos é um dos melhores e mais aclamados filmes dos últimos anos e agora ele se  torna oficialmente a primeira parte de uma franquia, mais exatamente de uma trilogia, pois a Netflix produzirá duas sequências do longa de detetives estrelado por Daniel Craig. (via THR)

De acordo com a publicação, a Netflix fechou um acordo de US$ 400 milhões com o diretor Rian Johnson, que terá total controle criativo sobre os filmes, que contarão, claro, com o retorno de Craig no papel de Benoit Blanc. O primeiro longa começará a ser rodado em julho deste ano, na Grécia.

Desde o ano passado Johnson falava abertamente sobre a sua intenção de dirigir pelo menos uma sequência de Entre Facas e Segredos. Em fevereiro de 2020, em entrevista a rádio SiriusXM (via CB), o diretor Rian Johnson falou sobre a sequência e também da possibilidade de criação de uma nova franquia.

“Minha cabeça, eu não penso como se fosse uma sequência… Desde que eu comecei a trabalhar nisso eu pensava em manter da mesma maneira que Agatha Christie escreveu vários livros de [Hercule] Poirot”, disse Johnson. “Quer dizer, fazer esse [filme] com Blanc [Craig] e continuar criando mistérios. Todo um novo elenco, uma nova locação, um novo mistério. Apenas outro mistério de Benoit Blanc e há várias formas diferentes de fazer isso. Seria realmente divertido.”

Além de sucesso indiscutível junto à crítica, Entre Facas e Segredos também foi um sucesso de público, tendo arrecadado US$ 311 milhões. Detalhe, apesar dos grandes nomes no elenco, o filme teve um orçamento de apenas US$ 40 milhões.

“Logo após comemorar 85 anos de idade, o famoso escritor de histórias policiais Harlan Thrombey (Christopher Plummer) é encontrado morto dentro de sua propriedade. Logo, o detetive Benoit Blanc (Daniel Craig) é contratado para investigar o caso, e descobre que, entre os funcionários misteriosos e a família conflituosa de Harlan, todos podem ser considerados suspeitos do crime.”

Comentários