Edward Norton fala da saída da Marvel e diz que queria um Hulk como o Batman do Nolan

Edward Norton fala da saída da Marvel e diz que queria um Hulk como o Batman do Nolan

Em entrevista para The New York Times, Edward Norton falou sobre o que motivou a sua substituição por Mark Ruffalo no papel do Hulk no filme dos Vingadores e na continuidade da franquia. Quando questionado se houve algum atrito com a Marvel, o ator, que viveu David Banner no segundo filme do MCU, lançado em 2008, diz que não, mas tece alguns comentários a respeito.

“Não. Eu amo os quadrinhos do Hulk. Eu acredito que eles são muito míticos.  E o que Chris Nolan fez com Batman era o caminho que eu queria seguir: extenso, sombrio e sério. Se alguma vez houve algo que eu pensei que tivesse esses elementos isto era o Hulk. Ele é, literalmente, o mito de Prometeu. Eu estabeleci duas coisas: a origem e a ideia do Hulk como um sonhador consciente, o cara que comanda a vigem. E eles disseram ‘Isso é o que nós queremos!’. Mas acontece que não era o que eles queriam. Mas eu me diverti fazendo. Eu me dei muito bem com Kevin Feige.”

Ao ser perguntado sobre o comunicado pelo Times, Norton declarou:
“Isso foi baixo. Foi uma autopreservação da marca ou algo assim. Na verdade, eles não queriam algo extenso, sombrio e sério. Mas não importa. Nós tivemos discussões positivas a respeito dos filmes, e olhamos a quantidade de  tempo que seria necessária, e não fizemos isso. Sinceramente, eu iria querer mais dinheiro do que eles queriam me pegar. Mas não era por isso que eu queria fazer outro filme do Hulk. Eu fiz outras coisas que queria fazer e o que Kevin Feige tem feito é, provavelmente, uma das melhores execuções de planos na história da indústria de entretenimento.”

 

 

Comentários