Daniel Day-Lewis anuncia a aposentadoria. Três vezes ganhador do Oscar não fará mais filmes.

Daniel Day-Lewis anuncia a aposentadoria. Três vezes ganhador do Oscar não fará mais filmes.

O mundo do cinema e o público recebe com a tristeza a notícia de que uns dos maiores atores do nosso tempo, Daniel Day-Lewis, resolveu se aposentar em definitivo aos 60 anos. Segundo a Variety, um porta voz do ator, divulgou um comunicado dizendo:

“Daniel Day-Lewis não irá mais trabalhar como ator. Ele é imensamente grato a todos os seus colaboradores e seu público por tantos anos. Esta é uma decisão privada e nem ele ou seus representantes irão fazer qualquer outro comentário a respeito.”

O último trabalho do ator inglês será uma nova parceria com Paul Thomans Anderson, que o dirigiu em Sangue Negro, filme que rendeu a Lewis um Oscar em 2007. Phantom Thread, que vai estrear em 25 de dezembro será a última vez que veremos Daniel Day-Lewis nos cinemas.

Ganhador de três Oscars, o primeiro em 1989 pelo filme O Meu Pé Esquerdo (direção de Jim Sheridan), o segundo em 2007 por Sangue Negro e o terceiro em 2013, por Lincoln, dirigido por Steven Spielberg, Daniel Day-Lewis começou no teatro e depois migrou para o cinema, estreando na telona em 1971 com Domingo Maldito.

Além dos três filmes que lhe renderam o titulo de maior vencedor da categoria de melhor ator no Oscar, Daniel Day-Lewis também trabalhou em Gangues de Nova York e a A Época da Inocência (direção de Martin Scorsese), Em Nome do Pai (direção de Jim Sheridan), As Bruxas de Salém (direção de Nicholas Hytner), A Insustentável Leveza do Ser (direção de Philip Kaufman) e O Último dos Moicanos (direção de Michael Mann), além de incontáveis outros trabalhos nos quais nunca esteve menos que brilhante.

 

Comentários