Cientista tenta matar colega na Antártida porque este insistia em lhe contar spoilers

Cientista tenta matar colega na Antártida porque este insistia em lhe contar spoilers

Quase todo mundo odeia spoilers, seja de filmes, de séries e de livros. É muito chato quando você toma um spoiler sem querer, agora imagina então quando isso acontece insistentemente e de forma deliberada. Acrescente isolamento, temperatura negativa e bebida e terá uma tentativa de assassinato causada por spoilers.

De acordo com o tabloide britânico The Sun, Sergey Savitsky, de 55 anos, esfaqueou no peito o seu colega Welder Oleg Beloguzov, de 52 anos, porque este último insistia em contar os finais dos livros antes que o primeiro lesse. Os dois são cientistas e o caso aconteceu na estação russa na Antártida.

Beloguzov, que teve o coração ferido à faca, foi levado para um hospital no Chile e, apesar de estar em uma unidade de terapia intensiva, não corre risco. Savitsky foi enviado de volta para a Rússia, onde vai responder a um processo criminal.

Os pesquisadores da estação Bellingshausen, na ilha Rei George, têm acesso a dois canais de TV russos, um espaço para prática de esportes e livraria. Tanto Savitsky quanto Beloguzov estavam servindo na estação há quatro anos.

Comentários