Ciborgue não estará no filme do Flash, segundo jornalista

Ciborgue não estará no filme do Flash, segundo jornalista

No penúltimo dia de 2020, Ray Fisher usou o Twitter para mais uma vez criticar o presidente da DC Films, Walter Hamada, e pontificar que não voltaria a participar de nenhuma produção associada a ele. Nesta última terça (05), o contrato de Hamada com a Warner foi estendido até 2023, o que, em tese, significa que Fisher não voltará a viver o Ciborgue nos cinemas.

Não esperava-se, é verdade, que a Warner produzisse um filme solo do Ciborgue, contudo foi reportado anteriormente que o personagem teria uma participação no filme do Flash estrelado por Ezra Miller. Contudo, segundo o jornalista Mike Hughes, não haverá Ciborgue no longa do Velocista Escarlate.

“Os rumores sobre a reescalação de Cyborg são uma mentira, Cyborg não está em The Flash e o papel não está sendo reescalado. Eu confirmei isso com o estúdio. O boato é FALSO.”

Em setembro, o jornalista Umberto Gonzales escreveu que fontes da Warner disseram que a Warner teria oferecido a Ray Fisher, que ainda mantém um contrato com o estúdio, apenas um cameo, ou seja, uma pequena participação especial no filme do Flash, que terá direção de Andy Muschietti. Pode ser que ele tenha se negado e a possível participação do  Ciborgue tenha sido eliminada do roteiro.

Em 04 de setembro, Fisher acusou Walter Hamada de oferecer as cabeças de Joss Whedon e Jon Berg caso o ator concordasse em eximir o quadrinista e produtor Geoff Johns das mesmas acusações. Posteriormente, a Warner negou que o executivo tivesse feito esta proposta.

Fisher também alegou que a empresa contratada para averiguar suas acusações estava trabalhando de maneira tendenciosa para desacreditá-las. Uma nova empresa, independente, foi contrata para seguir com as investigações.

Em 11 de dezembro a WarnerMedia reportou que a investigação tinha chegado a uma conclusão e que medidas tinham sido tomadas, mas não foram reveladas quais medidas teriam sido estas.

Tudo teve início quando, no primeiro dia de julho deste ano, Ray Fisher disparou graves acusações contra o diretor Joss Whedon e os produtores Geoff Johns e Jon Berg, afirmando que o cineasta tratou o elenco e a equipe do filme de forma abusiva, e que este comportamento teria sido respaldado pelos dois executivos da DC.

The Flash, com Ezra Miller, no papel principal, tem seu lançamento agendado para 04 de novembro de 2022. Ben Affleck e Michael Keaton estão confirmados no filme, ambos reprisando seus respectivos papeis como Batman.

 

Comentários