Christopher Nolan rompe com a Warner e seu novo filme será produzido pela Universal

Christopher Nolan rompe com a Warner e seu novo filme será produzido pela Universal

Chegou ao fim uma das mais bem-sucedidas parcerias entre cineasta e estúdios dos últimos anos. Segundo o Deadline, Christopher Nolan rompeu em definitivo com a Warner e produzirá seu novo filme, sobre a criação da bomba atômica, para a Universal.

O relacionamento entre  Nolan e a Warner estava estremecido inicialmente por causa das diferenças de pensamento em relação ao lançamento do filme Tenet ainda em meados de 2020, em plena fase crítica da pandemia, e também por causa da decisão da Warner de lançar filmes simultaneamente nos cinemas e no streaming, o que foi duramente criticado pelo cineasta e por outros colegas diretores.

O próximo filme do diretor britânico será sobre o Projeto Manhattan, o programa militar dos EUA que desenvolveu as primeiras bombas atômicas e que foi comandado pelo físico Robert Oppenheimer, que será o protagonista do longa. Detalhes não foram revelados, mas, segundo a publicação, é certa a participação de Cillian Murphy, com quem Nolan trabalhou em Batman Begins (2005), O Cavaleiro das Trevas Ressurge (2012), Incepion (2010) e Dunkirk (2017), o primeiro filme sobre a segunda guerra por ele dirigido.

Seu último filme, Tenet, um dos primeiros lançados em meio a pandemia, acabou tendo um resultado muito aquém do esperado e acabou dando prejuízo a Warner, uma vez que, tendo custado US$ 200 milhões, arrecadou no total US$ 363 milhões em bilheterias.

 

Comentários