Executivo diz se mais filmes, além de Liga da Justiça, ganharão versões do diretor

Executivo diz se mais filmes, além de Liga da Justiça, ganharão versões do diretor

Após o anúncio de que a Snyder cut de Liga da Justiça será lançada na plataforma de streaming HBO Max em 2021, o diretor de Esquadrão Suicida, David Ayer, deu início a uma espécie de campanha manifestando seu desejo de também ter a oportunidade de apresentar uma nova versão do longa que seja fiel a seu plano original. Não demorou para que se especulasse que outros filmes também poderiam receber igual tratamento, mas, segundo o chefe da HBO Max, Liga da Justiça é uma exceção, e não a regra.

“Olha, [a Snyder Cut] definitivamente não é um precedente”, disse Tony Goncalves em entrevista ao site The Verge [via Digital Spy]. “Existem diferentes tipos de fandoms. (…) Minha referência a fandoms é o fato de que estamos em um espaço no qual o consumidor fala alto. Guias de consumo, e nós, como uma indústria, temos que ouvi-los. Eu tinha um chefe que disse uma vez ‘Indústria e consumidores nem sempre estão alinhados, mas os consumidores tendem a ganhar’. É um equilíbrio.”

“E eu acho que quando se refere a vídeo, quando se refere a entretenimento e conteúdo, consumidores nunca tiveram tanto escolha, e eles nunca tiveram tanta voz”, continuou. “Mas isso não significa que iremos investir nossos dólares em todo fandom que existe.”

Em relação a desejo de fandoms nenhum foi mais intenso do que o fandom de Zack Snyder, que criou uma grande campanha para convencer a Warner a lançar a versão do diretor de Liga da Justiça. Eles falaram muito alto e eles foram ouvidos e isso, provavelmente, se deve ao fato de que a Warner acredita que exista uma possibilidade de obter algum lucro com o projeto conquistando assinantes para sua recém lançada plataforma de streaming HBO Max. Mas isso, com certeza, não se aplica a Esquadrão Suicida. Porém, nunca se sabe.

A Snyder Cut não está pronta para ser exibida para o grande público, e por isso, segundo o THR, fontes ouvidas pela publicação disseram que o estúdio vai despender entre US$ 20 e US$ 30 milhões para que a pós-produção do filme seja finalizada.

Integrantes do elenco de Liga da Justiça foram informados que sua presença poderá ser requisitada para a gravação de áudios complementares, com novos diálogos.

“Será algo inteiramente novo, especialmente para aqueles que viram o filme lançado, uma nova experiência separada daquele filme”, disse Snyder ao THR.

Ainda não está claro, porém, se a nova versão de Liga da Justiça será lançado como um grande filme de 4 horas de duração ou uma minissérie de seis episódios na HBO Max.

Desde o decepcionante resultado de Liga da Justiça nas bilheterias, muitos fãs passaram a acreditar na suposta existência da “Snyder cut“, uma versão do filme composta apenas por cenas dirigias pelo responsável por Batman v Superman, sem nenhuma adição de Joss Whedon. Uma petição online foi criada para exigir que a Warner lance esta mítica versão.

Em meados de novembro do ano passado, fãs da DC promoveram uma campanha nas redes sociais exigindo da Warner o lançamento da versão de Zack Snyder de Liga da Justiça. Em meio a campanha nas redes sociais, Gal Gadot, a Mulher-Maravilha, Ray Fisher, o Ciborgue, e Ben Affleck, o Batman, participaram da ação, usando a hashtag #releasethesnydercut. O próprio diretor também se manifestou, retweetando com comentários as postagens de Gadot e Affleck.

Comentários