CEO da Warner diz que parte tóxica do fandom de Zack Snyder ameaçou executivos

CEO da Warner diz que parte tóxica do fandom de Zack Snyder ameaçou executivos

A campanha criada pelos fãs do diretor Zack Snyder para que a Warner desse a ele a oportunidade de concluir sua versão integral de Liga da Justiça atingiu seu objetivo quando a companhia decidiu apostar no chamado Snyder Cut como um chamariz para sua plataforma de streaming a HBO Max, contudo, em entrevista a Variety, a CEO da Warner criticou parte dos fãs do cineasta que teriam feito ameaças a executivos da companhia.

“Não estamos tolerando nada disso”, disse Sarnoff quando perguntada se executivos da Warner receberam mesmo ameaças de parte do fandom de Snyder. “Esse comportamento é repreensível, não importa de que franquia você está falando ou de que negócio você está falando. É completamente inaceitável. Estou muito decepcionada com os fãs que optaram por ir para este lugar negativo em relação à DC, com em relação a alguns de nossos executivos. É decepcionante, porque queremos que este seja um lugar seguro. Queremos que a DC seja um fandom que pareça seguro e inclusivo. Queremos que as pessoas possam falar sobre as coisas que amam, mas não queremos que seja uma cultura de cancelamento de coisas com as quais qualquer pequena facção não goste. Não somos sobre isso. Somos sobre positividade e celebração. “

Liga da Justiça de Zack Snyder, a versão integral de 4 horas de duração do filme lançado em 2017, apenas com cenas dirigidas pelo cineasta, foi lançado no último dia 18.

Como a HBO Max estreará no Brasil apenas em junho, aqueles que quiserem assistir Liga da Justiça de Zack Snyder terão que adquirir o filme através de video on demand nas seguintes lojas digitais Apple TV, Claro, Google Play, Looke, Microsoft, Playstation, Sky, Uol Play, Vivo e WatchBr. O filme ficará disponível até 07 de abril.

Desde o decepcionante resultado de Liga da Justiça nas bilheterias, muitos fãs passaram a acreditar na suposta existência da “Snyder cut“, uma versão do filme composta apenas por cenas dirigias pelo responsável por Batman v Superman, sem nenhuma adição de Joss Whedon. Uma petição online foi criada para exigir que a Warner lance esta mítica versão.

Comentários