Cena pós-crédito de Homem de Ferro foi inicialmente uma brincadeira, diz diretor

Cena pós-crédito de Homem de Ferro foi inicialmente uma brincadeira, diz diretor

Um dos momentos mais importantes de todo o MCU (Marvel Cinematic Universe) é a cena pós-crédito do primeiro filme do Homem de Ferro, o primeiro filme do Marvel Studios, que este ano completa 10 anos. Até aquele momento, os fãs de quadrinhos e cinema estavam acostumados com a ideia de filmes de super-heróis solo, nos quais estes habitavam um mundo particular apenas seu.

Porém, após o fim dos créditos de Homem de Ferro, vemos surgir a figura de Samuel L. Jackson, apresentando-se no filme como Nick Fury e dizendo as palavras que redefiniriam a indústria de cinema e criariam um novo paradigma para a sétima arte, a do universo compartilhado.

“‘Eu sou o Homem de Ferro’. Você acha que é o único super-herói do mundo? Sr. Stark, o senhor agora faz parte de um Universo maior, só que ainda não sabe. Eu sou Nick Fury, diretor da SHIELD. Vim aqui falar sobre a Iniciativa Vingadores”

Porém, de acordo com o diretor de Homem de Ferro e Homem de Ferro 2, Jon Favreau, esta cena não fazia parte do roteiro original e surgiu como uma brincadeira.

“Aquilo foi uma brincadeira”, disse Favreau em entrevista a EW (via ComicBook). “Eu queria incluir easter eggs que os fãs apreciassem e nós pensamos  que uma cena pós-crédito poderia ser divertida. Isso foi algo que não estava no roteiro originalmente.

Kevin [Feige] entrou na brincadeira também. Nós trabalhamos no diálogo juntos. Fomos muito cuidados na seleção das palavras. ‘Você é parte de um mundo maior agora, um grande universo, e a Iniciativa Vingadores’ foram rastros de migalhas de pão para o que estava por vir.”

Esta cena não apenas foi o ponto de partida do universo compartilhado da Marvel nos cinemas, como também estabeleceu uma das maiores tradições dos filmes do estúdio: as cenas pós-créditos.

 

 

 

Comentários