Bolsonaro se recusa a mandar abraço para Deadpool e vídeo viraliza

Bolsonaro se recusa a mandar abraço para Deadpool e vídeo viraliza

O presidente Jair Bolsonaro não está nada familiarizado com o mundo dos super-heróis, mesmo aqueles muito populares, como Deadpool.  No início da noite desta segunda (08), como sempre faz, Bolsonaro se dirigiu ao espaço reservado para seus apoiadores em frente ao Palácio da Alvorada e, ao falar com um destes, recebeu o pedido de mandar um abraço para o Deadpool, o que ele prontamente recusou.

O vídeo no qual Bolsonaro diz que não vai mandar abraço para Deadpool porque não o conhece foi postado no Twitter e logo virou um dos principais assuntos da rede social.

 

Ao contrário dos X-Men, Deadpool não será  reescalado em sua passagem da Fox para o Marvel Studios. E, em entrevista a Variety, Kevin Feige, presidente do Marvel Studios, confirmou que Deadpool continuará da mesma forma como o público já se acostumou, quase sem limites.

“Quando estávamos fazendo a aquisição [da Fox], Bob [Iger, CEO da Disney] nos disse ‘Se não está quebrado, não conserte’. Não existe dúvida de que Deadpool está funcionando, então por que nós mudaríamos?”, declarou Feige.

Deadpool e Deadpool 2 fizeram uma bilheteria de US$ 1,5 bilhão para a Fox, tendo a produção dos dois juntos custado menos de US$ 200 milhões.

Comentários