Aquaman – ritmo cai nas bilheterias e filme parece já ter encontrado o seu limite

Aquaman – ritmo cai nas bilheterias e filme parece já ter encontrado o seu limite

A performance de Aquaman nos mercados fora dos EUA surpreendeu a todos, que viram o filme dirigido por James Wan se tornar a maior bilheteria do universo compartilhado da DC e a segunda maior bilheteria de um filme da DC em todos os tempos. Mas depois de alcançar este feito na última semana o ritmo do filme diminuiu bastante ao longo dos últimos dias. Esperava-se que ainda esta semana ele conseguisse superar O Cavaleiro das Trevas Ressurge (US$ 1,084 bilhão) e se tornar o filme de maior bilheteria de um personagem da DC, mas não foi o que aconteceu.

Segundo a Forbes, Aquaman tem até o momento US$ 1,045 bilhão, o que significa que nos últimos dias o filme arrecadou apenas US$ 25 milhões, já que no domingo chegara a US$ 1,020 bilhão. Falta muito pouco e é esperado que o filme protagonizado por Jason Momoa realize esta proeza, mas a diminuição no ritmo foi evidente, e este final de semana ainda começará a enfrentar a concorrência de Vidro, longa dirigido por M. Night Shyamalan, com Bruce Willis, James McAvoy e Samuel L. Jackson.

Na China, Aquaman continua como a segunda maior bilheteria de um filme de super-herói, agora com US$ 290 milhões, atrás apenas de Vingadores: Guerra Infinita (US$ 359 milhões), mas até no país asiático o ritmo caiu drasticamente, porque arrecadou apenas US$ 8 milhões nos últimos 12 dias. A bilheteria doméstica, ou seja nos EUA, que está agora em US$ 292 milhões já é maior, pela primeira vez, do que na China, onde ficará em cartaz até o dia 05 de fevereiro.

A diminuição do ritmo após quebrar a barreira do bilhão é natural, e seja qual for a bilheteria final de Aquama esta já é desde já histórica e um feito de orgulho para todos os envolvidos.

Comentários