William Shatner revela que não se sentiria bem-vindo no funeral de Leonard Nimoy

William Shatner revela que não se sentiria bem-vindo no funeral de Leonard Nimoy

Não importa quantos derivados ou reboots sejam feitos, a essência de Star Trek permanece na série original e em seu elenco cuja representação máxima são William Shatner e Leonard Nimoy como Capitão Kirk e Spock. Amigos na ficção, os dois também tornaram-se amigos fora da tela e trabalharam juntos em seis filmes da equipe original.

Mas, segundo William Shatner, por razões que ele diz desconhecer, Nimoy em seus últimos dias de vida deixou de considerá-lo um amigo e quando o eterno Spock faleceu em 2015, Shatner alegou conflito de agendas com um evento da Cruz Vermelha para não ir ao funeral, sendo representado por sua filha.

Passados três anos, a verdadeira razão da ausência foi revelada em Live Long And…What I Learned Along the Way (Vida Longa E… O Que Eu Aprendi ao Longo do Caminho), novo livro de memórias de William Shatner.

“Foi deixado claro que eu não seria bem-vindo ao seu funeral. Isto foi doloroso. Eu não tive nenhuma desculpa fácil”, escreveu o ator em trecho publicado pelo Trek Movie (via ComicBook).”Meu amigo mais próximo foi Leonard Nimoy. Nós dois nascemos com uma diferença de quatro dias e fomos criados em lares judeus ortodoxos. Nós compartilhamos muito ao longo de nossas carreiras. Eu amava Leonard, e ele costumava se referir a mim como seu irmão. Ainda assim, ao fim de sua vida e por razões que eu ainda desconheço, ele não foi mais meu amigo. Eu ligava e ele não atendia ao telefone ou retornava qualquer mensagem. Ele morreu e eu não senti que seria bem-vindo ao seu funeral.”

Em outro livro de memórias lançado em 2016, intitulado Leonard, Shatner diz que não falava com seu antigo amigo já há cinco anos antes de sua morte, e que acha que o desentendimento começou por ter filmado Nimoy sem permissão para o documentário “Captains“.

“Eu pensei que fosse brincadeira. Foi uma coisa tão pequena”, disse o Capitão Kirk sobre a recusa de Nimoy em aparecer no documentário.

Shatner acredita, ao que parece, que o desentendimento sobre o documentário era uma coisa muito pequena para abalar uma amizade de tantos anos.

 

Comentários