Sony tem direitos sobre mais de 900 personagens da Marvel

Sony tem direitos sobre mais de 900 personagens da Marvel

Uma matéria publicada pela Variety nesta quinta (08) revela os planos da Sony para criar seu próprio universo cinematográfico de super-heróis utilizando os personagens da Marvel cujos direitos estão sob sua licença.

O acordo firmado com a Disney para que o Homem-Aranha possa integrar o MCU (Marvel Cinematic Universe) não retira da Sony os direitos sobre o personagem, o que faz, inclusive, com que os filmes do Amigão da Vizinhança, lançados pelo Marvel Studios, pertençam na verdade ao estúdio da companhia japonesa.

Contudo, diante do sucesso do gênero de super-heróis, e da ideia de universo compartilhado, a Sony decidiu explorar parte dos mais de 900 personagens da Marvel a que tem direito. O primeiro foi Venom, sendo este o único a ser efetivamente produzido até o momento. Seu lançamento vai ocorrer em outubro.

Mas além do filme do simbionte, o estúdio também contratou Daniel Espinosa (Vida) e Jared Leto para dirigir e protagonizar, respectivamente, um longa de Morbius, o Vampiro Vivo. Richard Wenck (O Protetor 2) foi contratado para roteirizar um derivado centrado em Kraven, o Caçador. O antigo projeto que reunia Gata Negra e Sabre de Prata em um mesmo filme, foi dividido em dois, e também existem planos para derivados de Silk, Nightwatch e Loteria.

“Nós estamos focados em sermos fieis aos quadrinhos”, disse Sanford Panitch, presidente da Columbia Pictures.

Existe até mesmo um nome para designar o universo cinematográfico de quadrinhos que o estúdio pretende desenvolver. Eles o chamam de Sony’s Universe of Marvel Characters (SUMC), ou seja, “Universo da Sony dos Personagens da Marvel”.

“O Homem-Aranha se conecta com muitos personagens”, declarou Panitch. “Existem vilões, heróis, e anti-heróis, e muitas personagens femininas, muitas das quais são genuínas, cheias de dimensionalidade, e absolutamente únicas. Nós sentimos que não existem motivos para que os personagens da Marvel não sejam capazes de abraçar a diversidade.”

Segundo a matéria, a Sony está aberta a que personagens de seu SUMC possam participar do MCU (Marvel Cinematic Universe) e que, do mesmo jeito, heróis e personagens do Marvel Studios também apareçam nos longas do universo que ela está desenvolvendo.

Comentários