Seis das dez maiores bilheterias de 2018 são filmes de super-heróis e este número deve aumentar

Seis das dez maiores bilheterias de 2018 são filmes de super-heróis e este número deve aumentar

Quando Liga da Justiça estreou um ano atrás e teve uma recepção decepcionante, convertendo-se no maior fracasso do universo compartilhado da DC, houve quem visse nisto um sinal claro e inequívoco de que a onda dos filmes de super-heróis estava chegando ao fim, que o gênero se desgastara e o público começava a perder o interesse.

Veio 2018 e os Profetas do Apocalipse tiveram sua pregação calada pelos espectadores que foram aos milhões as salas de cinemas para transformá-lo no mais exitoso de todos os tempos para o gênero super-herói. Os números são impressionantes. Das 10 maiores bilheterias de 2018 até agora, seis são filmes de super-heróis. Destes, cinco são da Disney e cinco são de personagens da Marvel.

Vingadores: Guerra Infinita colecionou recordes ao longo de sua trajetória de US$ 2 bilhões de bilheteria, sendo o primeiro filme de super-herói a arrecadar esse montante e o primeiro filme lançado no verão a conseguir essa cifra. Ocupa a quarta colocação dentre as maiores bilheterias de todos os tempos.

Pantera Negra (US$ 1,3 bilhão) tem a segunda maior bilheteria mundial no ano, mas ocupa a primeira colocação no mercado norte-americano e também tem a terceira maior bilheteria no mercado doméstico em todos os tempos.

Apesar de ser uma animação, Os Incríveis 2 (US$ 1,2 bilhão) pode ser colocado na categoria de filmes de super-heróis, afinal é exatamente isto que ele é. O aguardado segundo filme da Família Incrível ocupa a quarta colocação no Top 10 de 2018.

Deadpool 2 (US$ 734 milhões) tem a sexta colocação no ano, mas provavelmente logo será superado pela grande surpresa de 2018: Venom. Com US$ 676 milhões, o azarão da Sony está no sétimo lugar e no último final de semana tornou-se a segunda maior estreia de um filme de super-heróis na China.

Homem-Formiga e a Vespa (US$ 622) encerra a lista na oitava colocação.

E existem ainda mais dois fortes candidatos para entrar no ranking: Aquaman, o único filme da DC no ano, e a animação HomemAranha no Aranhaverso. O longa do herói submarino vivido por Jason Momoa estreia em 21 de dezembro, e a animação da Sony em 14 de dezembro nos Estados Unidos, sendo, contudo, lançada no Brasil apenas em janeiro de 2019.

Pode-se dizer que é certeza que Aquaman ocupe alguma colocação no Top 10, elevando para sete o número de produções de super-heróis. Quando até mesmo um filme como Venom, massacrado pela crítica, faz tanto sucesso, pode-se dizer que, ao contrário do que vaticinou os detratores, o gênero de super-heróis está mais vivo e forte do que nunca.

Comentários