Marvel, Disney e DC lamentam morte de Stan Lee e falam de seu legado

Marvel, Disney e DC lamentam morte de Stan Lee e falam de seu legado

Stan Lee foi o criador do Universo Marvel ao lado de Jack Kirby e Steve Ditko, revolucionando para sempre o gênero de super-heróis. Por suas mãos a Marvel se tornou a maior editora de quadrinhos do mundo nos anos 60, 70 e parte dos 80, eclipsando a pioneira DC. Neste 12 de novembro de 2018, após o falecimento de Stan Lee, aos 95 anos, Marvel e Disney divulgaram um comunicado de pesar em conjunto.

“Hoje, Marvel Comics e The Walt Disney Company param e refletem com grande tristeza o falecimento do Presidente Emérito da Marvel, Stan Lee. Com o coração pesado, nós compartilhamos nossas mais profundas condolências a sua filha e irmão, e honramos e lembramos o criador, voz e campeão da Marvel.

‘Stan Lee foi um extraordinário criador de personagens. Um super-herói ao seu modo para os fãs da Marvel ao redor do mundo,Stan tinha o poder de inspirar, entreter e conectar. A escala de sua imaginação foi somente excedida pelo tamanho de seu coração’, disse Bob Iger, Presidente e CEO da The Walt Disney Company. (…)

Marvel e toda The Walt Disney Company saúdam a vida e carreira de Stan Lee e oferecem sua imortal gratidão pelas suas incomparáveis realizações por entre estes corredores. Cada vez que você abrir uma HQ da Marvel, Stan estará com você.”

Com seu eterno bom humor, Stan brincava de chamar a DC de Distinta Concorrência, e apesar da rixa existente entre os fãs das editoras, as duas companhias nunca foram inimigas e sempre nutriram grande respeito uma pela outra. Logo após o anúncio do falecimento de Stan, a DC Comics postou no Twitter uma mensagem de pesar e reconhecimento.

“Ele mudou a forma como vemos os heróis, e os quadrinhos modernos sempre carregarão sua marca indelével. Seu entusiasmo contagiante lembra-nos porque todos nos apaixonamos por essas histórias em primeiro lugar. Excelsior, Stan.”

 

 

Comentários