Grant Morrison explica porque odeia Watchmen e fala de sua rivalidade com Alan Moore

Grant Morrison explica porque odeia Watchmen e fala de sua rivalidade com Alan Moore

Dois dos maiores nomes dos quadrinhos e integrantes da chamada Invasão Britânica nos quadrinhos dos Estados Unidos, o escocês Grant Morrison já manifestou algumas vezes no passado o seu desdém pela aclamada minissérie Watchmen, de Alan Moore, e pelo próprio autor, a quem já acusou de plagiar outros escritores.

Em uma entrevista a publicação Full Bleed Vol. 3: Heavy Rotatio (via Io9), Morrison voltou a falar sobre Watchmen, mencionando alguns dos pontos que o desagradam.

“Eu tenho lindo Watchmen muitas vezes. As razões pelas quais eu a odiei quando tinha 25 anos ainda estão lá, mas agora eu meio que gosto porque estou mais velho e eu gosto da estrutura , mas pelas mesmas razões eu a odeio.

O fato de que não foi permitido a nenhum dos personagens ser mais inteligente que o autor me deixa louco. O homem mais inteligente do mundo é um idiota. O plano que ele desenvolveu durante anos foi desfeito no fim do livro em um instante. O psiquiatra senta-se com Rorschach por cinco minutos e Rorschach conta uma história super banal sobre como ele se tornou um vigilante e o psiquiatra fica abalado. Se você é um psiquiatra criminal que lida com homens em uma prisão, você já ouviu um milhão dessas histórias. Tudo se baseia em criar um ponto específico sobe como o mundo real não é como o mundo dos quadrinhos.

Eu fui a primeira pessoa a dizer que Watchmen não é muito bom – na verdade, a única pessoa a dizer isso. E isso o deixou [Alan Moore] furioso, então eu aumentei as críticas. Esse tipo de papo furado. Alan Moore não fala comigo depois disso e também me criticou. Ele chamou Asilo Arkham de ‘cocô dourado’. Desde então, eu não tenho mais nada a ver com ele ele não tem nada a ver comigo. Muitos fãs de quadrinhos pensam que existe alguma rixa, mas uma rixa precisa que s pessoas envolvidas tenham interesse. Eu leio suas coisas, ele lê minhas coisas… ele finge que não lê, mas lê.”

Em um de seus trabalhos mais ousados, Multiversity, que explora o Multiverso da DC, Morrison procurou emular Watchmen, utilizando personagens semelhantes ao da obra de Moore, sendo ambos, porém, baseados em criações da editora Charlton. Em 2009, em entrevista ao CBR, Morrison declarou:

“Tem essa série sobre o Multiverso na qual estou trabalhando. Provavelmente vou levar a vida inteira escrevendo, porque é bastante difícil. Tenho dedicado bastante tempo a ela. Tenho trabalhando em uma série sobre a Terra 4, a dos personagens da Charlton, mas decidi escrevê-la como Watchmen. Então escrevo de trás para frente e de cima para baixo e encho ela de simbolismos e por conta disso vai demorar bastante. Então vai sair uma série sobre o Multiverso em 2010, mais para o meio do ano.”

 

 

Comentários