Como as realidades virtual e aumentada vão revolucionar o mundo dos games

Como as realidades virtual e aumentada vão revolucionar o mundo dos games

A Realidade Virtual (VR) e a Realidade Aumentada (AR) são tecnologias esperadas pelas pessoas há muito tempo – bem antes delas de fato se tornarem realidade. Quando o VR foi originalmente apresentado, ele não se saiu tão bem quanto o previsto. Desde que fez sua primeira aparição, no entanto, a tecnologia apresentou melhorias significativas em termos de software e hardware e agora está começando a atender às nossas expectativas. O VR e AR já são uma realidade e hoje estão prontos para causar um impacto significativo no mundo dos games.

Para começar, o VR oferece aos jogadores uma experiência de jogo totalmente nova e aprimorada. Quando você usa um fone de ouvido de realidade virtual, como o Oculus Rift, o HTC Vive ou o PlayStation VR, por exemplo, você fica absorvido pelo mundo dos games. Estar “dentro” do jogo, em vez de apenas jogar olhando para a televisão, muda toda a experiência. Cria-se uma nova e profunda camada de conexão entre o jogador e o game.

 

 

 

Você não está mais confinado a sentar na frente de uma tela e controlar seu personagem usando apenas as mãos. Em vez disso, você se sente como se o jogo estivesse ao seu redor, resultando em uma experiência mais imersiva e pessoal.

Espera-se também que os criadores de controladores de VR melhorem o funcionamento dos dispositivos. Por exemplo, o PlayStation VR é mais acessível do que seus concorrentes, mas ainda precisa atingir todo o seu potencial devido a seus controladores de movimento um pouco imprecisos. A Sony pode decidir resolver o problema adotando um controlador semelhante aos que já estão disponíveis no mercado ou então sugerindo algo que ainda não conhecemos.

Embora os videogames sejam uma plataforma ideal para VR e AR, eles não serão os únicos que poderão se beneficiar da tecnologia. Grandes marcas, por exemplo, poderão usar a tecnologia de VR para oferecer a seus consumidores uma abordagem ainda mais interativa. É o caso da Audi, que desenvolveu um projeto de Realidade Virtual em parceria com a Marvel e lançou o game Marvel’s Avengers: Rocket’s Rescue Run.

 

 

Quem também pode tirar proveito da tecnologia são alguns sites de entretenimento. Um bom exemplo de uso dessas novas tecnologias vem da PokerStars, um dos muitos serviços de poker online que existem. Eles lançaram uma modalidade de poker baseada em realidade virtual. Através do uso de óculos imersivos (Oculus Rift, Steam e HTC Vive), o praticante é transportado a um ambiente de poker real, dando-lhe a sensação de estar dentro de um campeonato. O game oferece diversas opções de customização, como a escolha da vestimenta do player e a comida que ele belisca durante a partida. Também permite uma interação com os demais atletas, levando a arte do blefe a um outro nível.

Hoje em dia, já temos um gostinho do que os jogos de VR e AR podem fazer e certamente veremos jogos ainda melhores no futuro. Um problema com alguns jogos de VR no momento é que parece que eles foram apressados para serem lançados ou não têm todos os elementos que você espera de uma experiência de VR. No entanto, também é importante lembrar que o VR ainda é uma tecnologia relativamente nova, por isso, naturalmente, haverá algumas tentativas e erros, enquanto as empresas exploram as possibilidades e resolvem os problemas.

 

 

Desde que fomos apresentados pela primeira vez ao VR e AR, já houve melhorias quando se trata de qualidade. Há também mais conteúdo do que nunca. Além disso, o hardware continua a melhorar também. Também é possível que os headsets de alta resolução estejam mais próximos do que pensamos, o que tornaria o aspecto visual do VR semelhante ao que atualmente só é possível ao usar um console de games. Se e quando isso acontecer, será uma grande melhoria para o VR, os desenvolvedores e os jogadores.

Outro avanço empolgante para a realidade virtual será a introdução de fones de ouvido de realidade virtual autônomos, o que eliminará a necessidade de um PC ou dispositivo móvel. Também esperamos que o VR se transforme em uma experiência mais social do que é atualmente, embora tenhamos que esperar e ver como isso vai acontecer.

O que ainda é verdade para o VR e AR é que as pessoas querem ficar completamente imersas em videogames, mas isso tem que ser feito corretamente para que as tecnologias realmente decolem. O conteúdo tem que ser emocionante e os gráficos têm que ser incríveis, o que certamente parece ser o rumo que o VR está tomando. As realidades virtual e aumentada vão mudar o jogo como o conhecemos atualmente e transformá-lo em algo novo.

 

 

 

 

Comentários