Brooklyn Nine–Nine – criador reage a termo usado na dublagem brasileira após denúncia dos fãs

Brooklyn Nine–Nine – criador reage a termo usado na dublagem brasileira após denúncia dos fãs

De acordo com o site The Wrap chegou ao conhecimento de Dan Goor, criador da série Brooklyn NineNine, que no quarto episódio da quinta temporada da série, exibida no Brasil pela TNT, a redação da dublagem alterou o sentido de um termo usado por Boye (Joe Lo Truglio) fazendo parecer que este é um apoiador do presidente Jair Bolsonaro.

No original, a palavra usada por Boyle é “Tramp“, que significa “vagabundo”, mas que acaba soando como Trump, o sobrenome do presidente dos EUA. Os responsáveis pelo texto da dublagem que foi ao ar no Brasil substituíram o sentido original da palavra para uma expressão e um termo ligados a Bolsonaro: “É melhor Jair se acostumando” e “minion“.

Pelo Twitter, Dan Goor avisou que está tomando providências.

“Nós estamos tentando tirar isso a limpo.”

 

Ao tomar conhecimento do ocorrido, a primeira reação de Goor foi incredulidade.

“O que? Isso é de verdade?”

 

O perfil Brooklyn99 Brasil postou uma comparação entre as versões legendadas, com som original, e a dublada.

 

Recentemente Brooklyn Nine-Nine foi renovada para uma sétima temporada pelo canal NBC.

A sexta temporada de Brooklyn NineNine estreou em 10 de janeiro.

Com cinco temporadas anteriores pela Fox e em sua primeira pela NBC, Brooklyn Nine-Nine mostra o cotidiano nada comum de uma delegacia de polícia em Nova York e tem no elenco Andy Samberg, Andre Braugher, Terry Crews, Melissa Fumero, Joe Lo Truglio, Stephanie Beatriz, Chelsea Peretti, Dirk Blocker, and Joel McKinnon Miller.

Comentários